jump to navigation

BH proíbe uso de sacolas plásticas no comércio. 3, 03, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
Tags:
add a comment

Entrou em vigor nesta terça-feira uma lei que proíbe o uso de sacolas plásticas no comércio de Belo Horizonte. A cidade é a primeira capital brasileira a abolir o acessório. As empresas tiveram três anos para se adaptar, mas pediram à prefeitura mais 45 dias para fazer uma campanha educativa. Cerca de 157 milhões de sacolas são distribuídas todo mês na capital mineira, segundo entidades do setor.

As sacolas serão substituídas por embalagens biodegradáveis, feitas de amido de milho. Cada uma custará R$ 0,19 para o consumidor. De acordo com a Amis (Associação Mineira de Supermercados), esse é o preço de custo. “Vamos repassar ao consumidor como forma de incentivar a utilização das sacolas retornáveis.

Porque essa de amido vira adubo em seis meses, mas, antes disso, entope bueiro do mesmo jeito”, afirma José Nogueira, presidente da entidade. As sacolas retornáveis já estão à venda em todo o comércio. A mais barata, feita de tecido sintético, custa R$ 1,98. Os supermercados prometem oferecer caixas de papelão de graça aos clientes. No primeiro dia de vigência da lei, a rotina dos consumidores não mudou.

“Vou me adaptar quando tirarem as sacolas. Por enquanto, quero levar muitas para ter ainda sacos de lixo por um tempo”, disse a agricultora Ofélia Amaral, 49, que fazia as compras do mês em um hipermercado da cidade. “Claro que é importante [proibir as sacolas], mas, para o consumidor, é um transtorno. Eu gosto de comprar tudo de uma vez. Vou precisar comprar umas 30 sacolas dessas de pano. Mas fico feliz pela natureza”, disse ela. O bancário Alexandre Alencastro, 28, é contra a lei. “Imagina ter que carregar sacolas de pano em todo lugar que você vai ou pagar R$ 0,19 em cada sacola. O governo tem é que cuidar dos aterros e da limpeza das ruas em vez de passar a responsabilidade para o cidadão”, disse.

via:clickpb

Pra poucos. 28, 02, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
add a comment

  Muitos já alcançaram a fama quase instantaneamente com  ajuda da internet. Vídeos com mais de 1 milhão de views já tornaram meros indivíduos em grandes estrelas. Mas quando a intenção é não aparecer?

É sempre a mesma história: quando uma banda underground alcança a fama, muitos dos fãs “iniciais” reclamam que a banda ficou muito famosa, que os novos fãs não merecem receber a mesma atenção que eles e, por fim, que os músicos “se venderam”.

Alguns artistas agora estão indo atrás de alternativas que os mantenham pequenos. Um artigo publicado no site da Wired mostra como: por meio de símbolos. Da mesma forma como Prince fez há alguns anos, novas bandas e artistas ganham nomes impronunciáveis e difíceis de serem procurados no Google.

Dessa forma, conseguem manter um controle maior para onde suas músicas estão indo, já que não são todos os sites e aplicativos que suportam qualquer tipo de caractere. As pessoas têm que busca-las por meio de links e referências. Cria-se assim uma rede controlada – e quem acha esses caminhos se sente parte de algo exclusivo.

Enquanto muitos buscam a fama, outros preferem se manter pequenos. A última vítima da síndrome não-quero-ser-grande foi o LCD Soundsystem, que anunciou a aposentadoria por ter crescido demais.

via:Njovem

As pessoas comprar para satisfazer suas necessidades e desejos? 23, 02, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
add a comment

Há uma crença nas teorias do Marketing de que as pessoas optam por aqueles produtos que melhor atendem suas necessidades e desejos. Isso pressupõe que todos nós temos necessidades e desejos que existem antes de sairmos às compras, e que nos guiam em relação às nossas escolhas. No entanto, segundo o Nick Chater, pesquisador e professor na área de tomada de decisões da University College London, em texto recente no Admap, não é bem assim que as coisas funcionam. Há diversos estudos nas áreas de psicologia social, cognitiva e ciências do cérebro que sugerem que essa causalidade se dá exatamente da maneira oposta, diz ele: decisões primeiro, desejos depois.

Ele conta que o estudo ‘Failure to detect mismatches between intention and outcome in a simple decision task’, do Petter Johansson, seu colega na UCL (pdf, aqui) traz uma ótima demonstração dessa inversão. Eles pediram a algumas pessoas que escolhessem qual de dois rostos achavam mais atraentes. Então, essas pessoas recebiam a imagem do rosto escolhido e eram solicitadas a justificar a escolha. Em diversos casos, no entanto, os rostos foram trocados: os participantes receberam aqueles que rejeitaram. A primeira observação do estudo foi que a maioria das pessoas não percebeu a mudança. A segunda foi que, mesmo quando receberam o rosto ‘errado’, as pessoas justificaram sua escolha com explicações bem convincentes, como ‘escolhi esse rosto em função do cabelo longo e do formato do rosto.’ No entanto, destaca Chater, a pessoa não havia escolhido aquele rosto.

(mais…)

O novo profissional das agências. 19, 02, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
add a comment

As redes sociais já deixaram de ser ferramentas de diversão e entretenimento. No mundo corporativo, elas são meios de promoção de serviços e produtos, de captação da opinião dos consumidores e de integração de ideias. As empresas que se deram conta da importância dessas ferramentas estão se dando bem. E os profissionais que fizeram desses meios suas ferramentas de trabalho também.

Analista de redes sociais, profissional de mídias sociais, social media. São muitos os termos utilizados para denominar esse novo profissional que cresce no mercado, bem como são muitas as dúvidas de quem vê essa atuação de fora. Trabalhar com o Twitter, Facebook, Orkut e outras ferramentas de interação disponíveis na rede pode parecer fácil e irrelevante. Mas atuar nessa área exige discernimento para captar o que interessa, analisar informações e traçar estratégias.

 “De maneira geral, o profissional de mídias sociais elabora, executa e monitora as estratégias de promoção de produtos e serviços nas redes sociais”, explica a vice-coordenadora do curso de extensão de Mídias Sociais da FAAP, Andréa Mello. Ela explica que as empresas já perceberam a importância da interação que a web oferece e que por meio dela é possível conhecer os interesses e gostos do público. É nesse cenário que o mercado de trabalho para o social media se estabelece.

Nas redes sociais, é possível ter uma reação quase imediata das ações de promoção de produtos e serviços efetuadas pelas empresas. Mas é preciso que alguém esteja atento a essas reações. “As informações estão mais próximas e por isso é preciso ver esse lado mais analítico da profissão: é possível mensurar tudo, todos os resultados dessa ação”, afirma Andréa. Para isso, mais que saber lidar com as redes sociais, os profissionais que trabalham com elas devem ser dinâmicos e capazes de perceber formas rápidas de responder às demandas dos consumidores no meio.

Heavy user

A publicitária Jaqueline Nascimento de Oliveira, 23, não fica longe da internet por muito tempo. Onde quer que ela esteja, o smartphone está sempre ligado e conectado às redes sociais. A profissional de mídias sociais, contudo, leva a sério essas ferramentas. “As redes sociais se tornaram ferramentas de relacionamento direto com o usuário. E é uma área que tem tudo para se consolidar”, afirma.


Ela aposta mesmo no crescimento da profissão. E, desde a época da faculdade, já começou a atuar como social media e hoje, recém-formada, trabalha na área em uma agência em São Paulo. Para ela, a formação em Publicidade e Propaganda fez diferença. Mas Andréa Mello, da FAAP, afirma que para um profissional de mídias sociais conta mais o perfil que a formação. “A área de mídias é muito nova e por isso é importante entender primeiro a dinâmica desse meio”, diz. “Para trabalhar nessa área, a pessoa precisa estar aberta para o novo, ter visão analítica para trabalhar com pessoas e ter estratégia”.

Claro que essa falta de formação específica se deve ao fato de a área ainda não estar sedimentada no mercado de trabalho. Para quem busca esse tipo de atuação, porém, cursos específicos começam a surgir. É bom ficar atento a isso, pois conhecer as redes sociais não faz de todos um profissional dessas ferramentas. “Se ele é um heavy user é uma vantagem, mas isso não faz dele um especialista”, afirma Jeff Paiva, diretor de Interatividade da Neotix Agência Interativa, de São Paulo. “A formação está começando a aparecer agora, mas ainda não é condição”, diz.

Com experiência de quase dez anos com meios digitais, o jornalista e publicitário sabe a força que as redes sociais têm para as empresas. Como sabe também que não são todos que se tornam bons profissionais dessa área. Ele explica que as agências de publicidade estão cada vez mais incorporando as mídias sociais como uma área estratégica e que um social media pode atuar em três nichos: produção de conteúdo, planejamento e suporte.

Para todos eles, a visão integrada é importante. “Quem está entrando nesse mercado agora tem de pensar em uma linguagem integrada, pensar em compartilhar e comparar a informação que recebe”, avalia Paiva. A remuneração desse profissional flutua e segue, de maneira geral, a de um publicitário. Paiva explica que um analista júnior começa ganhando em torno de R$ 1,5 mil – valor que pode chegar algo entre R$ 5 mil e R$ 7 mil, considerando profissionais mais sêniores.

Modismo ou necessidade?

É fato que o mercado de trabalho para os profissionais de mídias sociais está aquecido. Mas até quando? Para os especialistas e profissionais por muito tempo. “Sempre tem uma novidade nessa área, mesmo que uma rede desapareça, outra ainda mais eficiente surge no lugar”, acredita Jaqueline, que não pensa em sair da área tão cedo.

“Do ponto de vista de ferramentas, a internet é um meio incerto. Mas as marcas estão mais humanizadas e as mídias sociais trabalham justamente essa relação com o público”, enfatiza Andréa. “Com isso, a tendência é que esse profissional se desenvolva mais”, avalia. A grande questão, para a professora, porém, não é o futuro. “Mudanças sempre ocorrerão, mas é preciso percebê-las e tirar proveito delas. E entender os impactos que elas trarão para o trabalho hoje”.

 Por isso, para quem atua e para quem quer trabalhar como um social media, o caminho é um só: “estude”, afirma Paiva. “Uma das grandes vantagens desse mercado é que todo o ferramental está disponível na web, então, você precisa compartilhar e descobrir o novo. E saber na ponta da língua quais são as ferramentas disponíveis hoje”, conclui.

via:administradores

Motorola lança tablet com Android 3.0. 2, 02, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
Tags: , ,
add a comment

A Motorola anunciou durante a Consumer Eletronics Show seu novo tablet Xoom que virá com o mais recente sistema operacional Android Honeycomb (3.0), desenvolvido pelo Google especificamente para este tipo de portátil.

O Xoom possui tela de 10,1 polegadas com resolução 1280×800 pixels (similar ao iPad), câmera frontal de 2MP para videochamadas e outra câmera traseira de 5MP que tira fotos em HD (1080p), além de 32GB de capacidade interna. O preço ainda não foi divulgado.

Via: Info

Basta clicar para ajudar as vítimas da região serrana do Rio. 20, 01, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
Tags: , ,
add a comment

Para saber mais clique salveaserra.org.

Estudantes fazem cobertura colaborativa da Campus Party. 20, 01, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
Tags: , ,
add a comment

O pessoal da Campus Party escolheu uma turma pra lá de 2.0 pra fazer a cobertura de um dos maiores eventos de tecnologia do Brasil.

Com máquinas fotográficas e câmeras filmadoras em mãos, seis estudantes voluntários percorrem o Centro de Exposições Imigrantes, com o único objetivo: registrar os principais momentos do evento.

Sob a coordenação da Cia da Foto, André Luis de Moraes, 27, Camila Thomazette dos Santos, 20, Cláudio Manculi Gregorutte, 24, Daniela Nery Bracchi, 29, Juliana Gonçalves Teles de Farias, 19, e Natália Braga Tondamas, 21, foram escolhidos entre 70 candidatos. A turma posta o material aqui e aqui. Ótima iniciativa pra você que procura um site ou blog com conteúdo amplo sobre a edição 2011 da Campus Party.

Vivo faz coleta de celulares na Campus Party 14, 01, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
add a comment

A Vivo disponibilizará quatro pontos de entrega voluntária nos quais será possível colocar não só os aparelhos, mas baterias, carregadores, fones de ouvidos, capinhas, dispositivos de Bluetooth e quaisquer outros acessórios para celular.

A iniciativa é uma extensão do Vivo Recicle seu Celular, um programa de reciclagem e logística reversa que funciona em todas as lojas próprias, autorizadas e revendas exclusivas da operadora no país.

Desde 2006, quando foi implementado, já foram recolhidos mais de 873 mil aparelhos celulares e 2,3 milhões de acessórios. O reaproveitamento do material coletado é bastante alto: 90% dos celulares são reciclados e, para cada um quilo deles, 650g de metal e 200g de plásticos conseguem ser reutilizadas. Isso representa quase 80% dos materiais do aparelho.

Os 10% restantes 10%, acabam sendo reaproveitados em outros países, exceto América Latina. O dinheiro arrecadado na operação é revertido para projetos do Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ).

A Campus Party começa na próxima segunda-feira (17) e vai até o domingo (23), no Centro de Exposição Imigrantes, em São Paulo, SP.

via:Exameinfo

Rio Negro Clube investe em marketing esportivo. 11, 01, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao.
Tags: ,
add a comment

Com iniciativa de rejuvenescer sua marca junto aos torcedores mais jovens e amantes do futebol amazonense, o Rio Negro Clube contratou o jogador Jardel,  (ex-Vasco, Grêmio, Porto e Seleção Brasileira) para temporada 2011. O clube aposta nas redes sociais e lançou nesta semana o twitter, facebook e orkut Oficiais do Clube, gerenciados pela OPP (empresa portuguesas que está gerenciando o futebol do clube).

(mais…)

BMW cria anúncio para Ipad. 3, 01, 2011

Posted by varall in Estendendo informaçao, Web.
Tags: , ,
add a comment

Mais uma possibilidade para gerar conteúdo digital. Anúncio para Ipad! O BMW Group fez o seu primeiro anúncio para ser divulgado especificamente no tablet mais desejado, o Ipad. O anúncio disponibiliza a reprodução de vídeos, galerias de fotos, sons, links para sites, downloads. A iniciativa é da agência Taterka. O anúncio está no conteúdo da Veja iPad e apresenta o modelo BMW Série 5 Sedã.

Alunos de jornalismo são desafiados com atividade digital 25, 11, 2010

Posted by varall in Estendendo informaçao.
add a comment

Os alunos do quarto período de jornalismo da Faculdade Martha Falcão (FMF) foram desafiados neste semestre, pelo professor especialista Moisés Monteiro, a confeccionar um blog de notícias de caráter avaliativo, de modo a inserir os acadêmicos na área do jornalismo digital.

Após terem recebido instruções teóricas, os alunos, agora, estão em plena atividade, coletando dados noticiosos nas diversas esferas da sociedade e publicando-os em tempo real. Após avaliação final do trabalho, a equipe vencedora receberá um prêmio e também vai inscrever o projeto no próximo Congresso Regional da Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação), que acontecerá em 2011.

Segundo o professor, responsável pela disciplina Jornalismo Online e coordenador da atividade, é importante os alunos receberem orientação sobre o funcionamento de uma agência – portal de notícias, medindo responsabilidades já durante a graduação.

“O desafio foi lançado e aceito pelos alunos. Eles terão a responsabilidade de confeccionar seus respectivos blogs e defendê-los como se fosse um TCC (Trabalho deConclusão de Curso). Também terão uma prévia do que encontrarão pela frente no mercado”, ressaltou Monteiro.

A aluna Jorleane Malheiros, editora da categoria cultura do blog Agenda7, achou a ideia interessante, porque, na hora de redigir uma notícia para passar ao público, necessita-se checar a fonte e rever o texto, ações que garantem a seriedade do trabalho.

Segundo o aluno Thiago Rodrigues, editor da categoria política do blog Reporter Online, o trabalho dá oportunidade de o aluno colocar em prática o que o professor está ensinando em sala de aula. “O desafio nos aproxima da realidade no mercado de trabalho e, assim, podemos crescer com isso”, ressaltou ele.

Ao final dos trabalhos, tudo o que foi produzido foi apresentado para uma banca composta de alunos, professores e profissionais da área. A ideia é fazer com que os acadêmicos de outros períodos e jornalistas consagrados do cenário local julguem o material confeccionado.

“Trazer profissionais da área é importantíssimo para o aperfeiçoamento dos alunos. Quando eles apresentarem tudo o que foi produzido para essa plateia seletiva terão uma dimensão concreta daquilo que é uma exposição de projetos”, afirmou Monteiro.

Quatro equipes participam da atividade. Confira os domínios que já estão disponíveis para o público:

www.blogreporteronline.wordpress.com
www.gazetamanauara.wordpress.com
www.comunicamanaus.wordpress.com
www.agenda7.wordpress.com

Por Marco Antonio Fonseca, 4º Período de Jornalismo FMF

Agende.9 Semana de design da UFAM. 10, 11, 2010

Posted by varall in Agende, Estendendo informaçao.
1 comment so far

Local: Faculdade de Tecnologia da UFAM.
Informações: nonna.semanadesign@gmail.com